Nascido em São Paulo, em 1970, Paulo Camillo Penna vive e trabalha em São Paulo. Fez seus estudos de bacharelado e mestrado em artes na Universidade de São Paulo, na qual faz atualmente seu doutorado. Fez estudos de pós graduação na Byam Shaw School of Arts em Londres. Coordena desde 2006 o Ateliê de Gravura do Museu Lasar Segall. É proprietário, com Adalgisa Campos, da Casateliê, espaço independente de produção, ensino e venda de arte em São Paulo. Fez exposições individuais sendo as mais recentes “A Senhoria” na vitrine do Museu Lasar Segall no Metrô Santa Cruz - SP, “Hora Absurda” na Gravura Brasileira - SP, “A que se destina”, no Centro Universitário Maria Antonia - SP e “Figuren aus Brasilien” na Galerie Wildeshausen - Wildeshausen, Alemanha. Participa regularmente de exposições coletivas, entre as quais “Gravura Extrema - Europalia Brasil” - Le Centre de la Gravure et de l'Image Imprimée - La Louvière, Bélgica; “Gravadores Brasileiros Contemporâneos”, exposição itinerante no Hillyer Art Space Washington, EUA; Fundacion Sebastian e Instituto de Artes Gráficas de Oaxaca, México; “V ème Biennale Internationale de la Gravure D'Ile de France”, Versailles, França; “Impressões” – Santander Cultural de Porto Alegre e “Do Cordel à Galeria” – Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Realizou projetos de arte pública, entre as quais: "Projeto Pélago" e "Projeto Tamanduateí" na cidade de São Paulo. Possui obras em coleções particulares e públicas, como Pinacoteca o Estado de São Paulo; Museu de Arte Brasileira, SP e Museu de Arte Contemporânea Dragão do Mar, Fortaleza.

Currículo completo